Hacker diz que novo Android será difícil de invadir

em Olhar digital

Nova versão do sistema operacional móvel será mais difícil de ser atacada por malwares, diz pesquisador da área de segurança

20120627153856

O analista e pesquisador da area de segurança Jon Oberheide publicou uma análise na última segunda-feira em que afirma que a nova versão do sistema operacional Android – de número 4.1 e conhecida como Jelly Bean – será bastante difícil de invadir e ser explorada por hackers, pois usa métodos mais garantidos para proteger os dados dos usuários.
A versão 4.0 ou Ice Cream Sandwich já contava com o sistema, mas foi incapaz de lidar com ataques com a instalação de malwares, e é isso que o Google promete resolver com a revisão.
Recentemente, a empresa de segurança online Symantec removeu um malware que contaminou a loja de aplicativos do Android – a Google Play – e que havia prejudicado entre 50 e 100 mil usuários de tablets e smartphones equipados com o sistema operacional. O vírus era escondido em jogos populares como Super Mario Bros ou Grand Theft Auto 3.
Segundo Oberheide, o novo Android trará mais garantias porque trará uma adaptação no sistema ASLR, que implementaria uma proteção em diversas áreas do sistema operacional e que bloquearia os hackers que exploram bugs de corrupção de memória ao impedi-los de saber com antecedência onde seus malwares seriam carregados.
Para saber mais, leia a análise completa (em inglês) .

Ricardo Lino

Profissional de Tecnologia da Informação há 17 anos, tendo os últimos 7 anos na área de Segurança da Informação, Risco&Fraude e Compliance, projetando e definindo as melhores soluções, alinhando as melhores práticas de mercado as metas de negócio, provendo transformações internamente e externamente mantendo uma Governança de segurança da informação, gestão de risco para elevar a maturidade das empresas, são o que eu faço melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *